BIO
Sabrina Pestana

Slide Panel

Sabrina Pestana

X

Sabrina Pestana nasceu em São Paulo, Brasil, em 1984. Interessou-se por fotografia aos 15 anos, após o impacto provocado pelas imagens de uma exposição de fotojornalismo. Iniciou seus estudos em fotografia na Escola Panamericana de Artes, entre 2001 e 2002. No ano seguinte, mudou-se para Salvador, Bahia, onde conheceu o escultor Mario Cravo Júnior, quem lhe encorajou a percorrer o caminho das artes. Interrompeu seu curso de Medicina Veterinária na Universidade Federal da Bahia e retornou à cidade de São Paulo. Em 2004, ingressou na Faculdade de Artes Plásticas da FAAP (Fundação Armando Álvares Penteado), onde concluiu o curso de Bacharelado em Artes. Em agosto de 2008, desenvolveu uma documentação fotográfica em parceria com o seu avô José Nicolau Pestana. O projeto de o retratar diariamente encerrou-se 236 dias após seu início, com a morte súbita de seu modelo e colaborador. Este estudo resultou em mais de 700 negativos no formato 6 cm X 6 cm em preto e branco. Desde 2008, atua como assistente do fotógrafo e “master printer” Valdir Cruz. Participou de todas as fases de produção de seus dois últimos projetos: “RAÍZES – Árvores na Paisagem de São Paulo/Imprensa Oficial” e “ BONITO – Confins do Novo Mundo/Capivara Editora”, ambos publicados em 2010. Em 2010, por ocasião do evento A Gosto da Fotografia, realizou sua primeira exposição individual – “Sem Ponto Final” – com curadoria de Diógenes Moura, no Museu da Casa da Misericórdia da Bahia, em homenagem a Mario Cravo Neto falecido em agosto de 2009. As imagens talvez sejam os últimos retratos de Cravo Neto ainda em sua casa/estúdio no bairro de Castelo Branco, Salvador, meses antes de sua morte. Sabrina Pestana foi a artista mais jovem a figurar na exposição coletiva “Percursos e Afetos/ Fotografias 1928/2011 – Coleção Rubens Fernandes Junior”, Pinacoteca do Estado de São Paulo, 2011/2012. Em 2013, participou da exposição coletiva “Lunar”, resultado de um projeto colaborativo entre a Diretoria de Museus (Dimus), Solar Ferrão e o Museu de Arte Moderna da Bahia (Mam-BA). Atualmente desenvolve projetos de fotografia em 360º no estúdio  Olho na Nuca, onde é sócia-fundadora.




Auto-retrato com sua companheira Bisteca_07/2014


 

Sabrina Pestana was born in 1984, in São Paulo, Brazil. When she was 15, she became interested in photography after being impacted by the images of a photojournalism exhibition. She began her studies of photography at the Panamericana School of Photography in 2001 and continued with them through 2002. In 2003, she moved to Salvador in Bahia, where she met the sculptor Mario Cravo Junior, who encouraged her to keep on the path of the Arts. And so, she quit the Veterinary School at the Federal University of Bahia and returned to São Paulo. In 2004, she enrolled at the Visual Arts College of FAAP (Fundação Armando Álvares Penteado), where she got her B.A. in Arts. In Aug of 2008, she made a photographic portfolio together with her grandfather José Nicolau Pestana, a.k.a. Zico. The project consisted of photographing him on a daily basis but same was terminated 236 days after its start because of the sudden death of her model and collaborator. The study resulted in 700 negatives in the 2 1/4 x 2 1/4 format in black and white. Since 2008 she has been working as assistant to photographer and master printer Valdir Cruz. She participated in all the phases of the production of his two latest projects “RAÍZES – Árvores na Paisagem de São Paulo/Imprensa Oficialand “BONITO – Confins do Novo Mundo/Capivara Editora“, both published in 2010. In 2010, for the event A Gosto da Fotografia, she made her first solo exhibition – “Sem ponto Final” – at the Museu da Casa da Misericórdia da Bahia, curated by Diógenes Moura, in honour of Mario Cravo Neto who passed away in Aug 2009. The images might be the last portraits of Cravo Neto, still at his home/studio in the Castelo Branco neighborhood, in Salvador, months before his passing. Sabrina Pestana is the youngest artist to be a part of the collective exhibition “Percursos e Afetos/Fotografias 1928-2011 – Coleção Rubens Fernades Junior” at the Pinacoteca of the State of São Paulo, 2011/2012. In 2013, participated in the group exhibition “Lunar”, the result of a collaborative project between the Directorate of Museums (Dimus), Solar Ferrão and the Museum of Modern Art of Bahia (Mam-BA). Currently develops projects in 360 ° photography in studio Olho na Nuca, which is a founding member.

  • ATÉ SEMPRE / UNTIL FOREVER
  • O FOTÓGRAFO NU
  • CLOSE RESEMBLANCE_NEW YORKERS
  • ESCULTORES : MARIO CRAVO JR. _ RAMIRO BERNABÓ
  • SEM PONTO FINAL
  • NATUREZA
  • TODOS OS SANTOS
  • VALE DA LUA
  • INVISIBLE FRIENDS
  • Pedra sobre Pedra